Estampo progressivo e os desafios na indústria

0

Por Charles Pacheco

Há muito tempo que o projeto de estampo progressivo chama a atenção de empresas fornecedoras de tecnologias. A questão principal, neste cenário, é: como ajudar as empresas no desenvolvimento do projeto de uma ferramenta de conformação, considerando que este é um assunto tão específico?

Compreender o comportamento prático dos materiais em sua conformação é algo essencial na indústria. Muitas vezes, somente a literatura e conceitos técnicos não atendem toda a demanda necessária para encarar os desafios diários; ou seja, a experiência do profissional é a cereja do bolo em todo esse contexto.

via GIPHY

A solução para esse problema é simples. O ideal é que a Engenharia tenha recursos dedicados para esse nicho de projeto. O uso de ferramentas de projeto, sejam elas 3D ou 2D sem as funções de estampo progressivo, poderá dobrar o tempo de entrega do projeto. E isto é algo que ninguém deseja, não é mesmo?

Cada vez mais, as ferramentas verticais de aplicação vêm ganhando força no mercado por sua liberdade no desenvolvimento e pela qualidade dos seus resultados.

via GIPHY

Você sabe o que é realmente importante para a sua Engenharia?

Que tal ter à sua disposição recursos cujo objetivo é auxiliar o profissional a definir o número de estágios para uma total conformação do produto de forma validada? Muita atenção aqui, pois uma decisão equivocada pode comprometer muito o custo da ferramenta!

Blank

Toda a ferramenta de estampo progressivo é projetada com base no blank. Ou seja, fazer esse cálculo é muito importante! Muitas empresas têm como base o blank também para fazer um orçamento correto para o seu cliente.

Sua empresa não tem o recurso, mas projeta a ferramenta mesmo assim? Esse é um sinal de que o custo, o prazo de entrega e algumas outras questões podem estar fora do padrão que se destaca no mercado! Fique atento.

via GIPHY

Layout da tira

Esse detalhe pode afetar, principalmente, o valor final da ferramenta e até mesmo o seu custo de produção. Aqui, o engenheiro investe a sua moeda mais valiosa (seu tempo) sem preocupações. Ou seja, é compensatório demandar algum tempo nesta etapa para ter a certeza de que, lá na frente, o custo do projeto será bem dimensionado.

Validação do estampo

Uma das formas de validar o processo está na simulação do repuxo que deverá mostrar principalmente a variação da espessura e pressão necessária da conformação. Nesta etapa, o profissional tem o poder de compreender se, por exemplo, a variação de espessura não compromete a parte estrutural do produto.

Ferramenta de trabalho híbrida

Sempre que possível, utilize ferramentas que permitam trabalhar com superfícies e sólidos. Acredite, o tempo ganho com o uso desta função é inacreditável!

Ficou com alguma dúvida? Clique aqui e conheça mais sobre a ferramenta da HEXAGON. Você também pode entrar em contato conosco e falar diretamente com os nossos especialistas. Acesse www.ska.com.br e confira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui