Diversidade de conhecimento: o segredo para alcançar resultados excelentes.

 

              Por Nícolas Resende Rossetto,
              Engenheiro de Aplicações na SKA

 

 

 

 

Neste pequeno exercício que resolvi descrever hoje, quero tentar expor o motivo da pluralidade de conhecimento ser tão importante quando falamos de projetos.

O que me deu um rápido insight, a motivação para este artigo, foi o fato de eu ter um filho com pouco mais de um ano. O Samuel é um menino bastante curioso, e recentemente começou a criar gostos por movimento de rotação. Seja uma garrafa de shampoo durante o banho, ou um brinquedinho que caiu da mão dele (na verdade ele mesmo jogou no chão) e ficou rodando.

Sabendo disso, comecei a pesquisar alguns tipos de piões na internet. Enquanto isso, o algoritmo do Google começou a me sugerir um tipo de pião bem peculiar:

 

Esse pequeno pião, fabricado no Canadá, é um daqueles produtos absurdamente simples que são vendidos por um preço maior pelo valor agregado de método construtivo, certificado de garantia, exclusividade. Mas, ainda assim, é um simples pião usinado em aço bruto.

Comecei a pensar nas habilidades e desafios envolvidos no processo de apresentar de forma satisfatória um produto tão simples.

Com isso em mente, comecei o processo de modelagem 3D do pião com é possível ver na imagem logo abaixo:

 

Por mais simples que seja o modelamento, saber utilizar as ferramentas do SOLIDWORKS de forma fluida garantiu que esse modelamento demorasse menos de um minuto. No entanto, é a partir daqui que a pluralidade de conhecimento começa a se fazer importante.

As próprias cores que são vistas no modelo acima tem que ser inseridas de uma forma bem particular para gerar essa segunda cor especular difusa. A curiosidade de explorar uma forma de deixar um modelo mais "bonito" muitas vezes é ignorado pelo time de engenharia, até o momento que alguém precisa de um material para marketing ou divulgação. E como vamos ver aqui, podemos ir muito mais longe com um modelo que desenvolvemos em menos de um minuto.

Feito isso, é hora de botar esse pião pra girar. Um modelo 3D é a base para muito do que pode acontecer. E uma das vertentes mais interessantes é a simulação. Nesse caso, uma simples análise de movimentação, onde o SOLIDWORKS Motion foi utilizado.

Com conceitos simples de gravidade, força e contato físico, pude gerar uma bela simulação desse pião girando.

 

 

Mas como estava buscando a excelência, justamente o que me motivou a criar este breve artigo, uma animação com cara de software CAD não me parecia suficiente. Nesse momento realizei o processo de exportação da minha simulação de movimento para o SOLIDWORKS Visualize, um poderoso renderizador da família SOLIDWORKS..

A partir deste momento, pude realizar pequenos ajustes que passaram por iluminação, posição de câmera, Motion-Blur, distância focal, entre outros. E ainda utilizei a inteligência artificial do Denoiser (redutor de ruídos), para chegar a um resultado perfeito em poucos minutos:

 

Feito tudo isso, tinha o vídeo da renderização do meu pião em movimento. Com efeito estroboscópio e tudo. Mas convenhamos, um vídeo curto de poucos segundos é um conteúdo um pouco cru. Portanto, para finalizá-lo, fiz uma pequena edição com introdução, musica e marca d'água.

Isso me deixou suficientemente satisfeito para apresentar o trabalho finalizado:

 

 

 

Percebam que aqui a discussão não é a metodologia que utilizei ou as ferramentas em si. Mas sim, o fato de que quanto mais conhecemos, e mais paixão temos naquilo que nos é delegado, melhores são os resultados.

Estude, domine diversas ferramentas, agregue valor ao que você faz, entregue mais do que o esperado. Só assim o destaque fica evidente. Já que estamos num ambiente de negócios, vale a pena lembrar que o fruto da excelência, não é apenas qualidade. Assim como um simples pião pode ser vendido com muito mais valor agregado, o seu trabalho também é mais valorizado com base no que você agrega a ele.

 

A única armadilha deste discurso, é o risco de tentar fazer tudo ao mesmo tempo e não conseguir atingir níveis altos em nenhuma área de atuação. Por isso os primeiros passos são o estudo e o domínio. Exponha o que estiver apresentável, e não tenha pressa.

O tempo é um aliado para quem persevera. Mas tenha sempre objetivos e um bom plano de ação.
Para este artigo mesmo, tive que utilizar conhecimento que adquiri ao longo dos anos em literalmente 10 áreas diferentes, onde apliquei conhecimentos que eu não tinha a 1 ano atrás.

Espero que este simples estudo de caso ajude a expandir a visão das possibilidades que um simples modelo 3D pode fornecer, e como é importante conhecer diversas ferramentas para elevar o nível de uma entrega.

Não se pare no simples e básico, vá além. Seja extraordinário e excelente.


Notícias relacionadas

O grupo Unicasa Móveis é um dos maiores e mais modernos fabricantes de móveis planejados da América Latina. Localizado na cidade de Bento Gonçalves,...
Com sede na cidade de Cafelândia, interior de São Paulo, a Ultra Displays está entre os maiores fabricantes de expositores para PDV do Brasil,...
Por Enderson Moura Técnico master em SOLIDWORKS na SKA Muitas pessoas que conheço dizem que têm dificuldades para saber como aplicar a melhor prática...