Altium e SKA apoiam ONG Pisco de Luz

A ONG Pisco de Luz surgiu em 2017, quando o empresário André Viégas, em visita à comunidade quilombola Kalunga, na Chapada dos Veadeiros, decidiu criar um sistema para levar energia solar às famílias. Sem energia elétrica, as pessoas daquela comunidade dependiam de lamparinas para realizar tarefas noturnas, e garantir luz melhoraria a qualidade de vida de adultos e crianças, reduzindo riscos de incêndios, picadas de animais peçonhentos e até mesmo doenças provocadas pela fumaça tóxica liberada pelas lamparinas. 

André desenvolveu um sistema formado por uma pequena placa solar, um circuito inteligente e uma bateria de lítio recarregável. Os kits eram montados de forma artesanal e posteriormente instalados nas casas dos moradores. Nos primeiros meses, e contando apenas com recursos próprios, André instalou iluminação solar em oito casas, atraindo o interesse de pessoas e voluntários para transformar a realidade dessas famílias. Com doações e parcerias, foi possível construir 100 kits no primeiro ano, e através de mutirões, voluntários e jipeiros, a energia solar foi instalada com sucesso, apesar do difícil acesso à comunidade quilombola.  

Em outubro de 2018 foi fundada a Associação Pisco de Luz, um passo importante para garantir segurança jurídica e permitir que ela pudesse ampliar seus horizontes. Dessa forma, a Pisco de Luz passou a ser constituída por associados, divididos em Associado Fundador, Associado Efetivo, Associado Contribuinte e Associado Benemérito. Hoje conta com aproximadamente 320 pessoas, entre associados e voluntários, e já beneficiou 135 famílias com o projeto que cresce a cada dia. 

Diversas versões do kit foram elaboradas com o passar do tempo, com adequações e melhorias conforme as necessidades. A primeira versão foi desenvolvida em uma placa de circuito impresso padrão, com alguns módulos de Arduino e dezenas de componentes e fios para interligar os circuitos. Outras versões melhoradas foram desenvolvidas, já em face simples e, posteriormente, em dupla face com furos metalizados. Todo esse desenvolvimento era feito apenas por uma pessoa usando ferramentas freeware rudimentares. Agora, com ajuda dos engenheiros Pedro Neves e Rafael Cortes, a ideia é transformar o circuito eletrônico em SMD (componentes minúsculos que podem ser soldados na placa sem necessitar furos). 

Com a necessidade de colaboração durante o desenvolvimento eletrônico, que envolve três pessoas trabalhando em tempos e locais diferentes, a Pisco de Luz identifica o Altium Designer como solução ideal para o avanço do novo projeto. Além de um ambiente unificado e as incríveis ferramentas que o tornaram a solução EDA mais vendida do mundo, a Pisco de Luz também terá acesso a nova plataforma Altium 365 que acompanha a última versão do software. A plataforma promove a centralização, compartilhamento e colaboração em nuvem de bibliotecas e projetos, além de possibilitar a conversa nativa entre o Altium e soluções mecânicas. 

Por acreditar no projeto da Pisco de Luz e perceber a importância de prover energia elétrica, algo tão básico e inerente à nossa realidade, para famílias que não têm este recurso, a Altium doou a licença para beneficiar a ONG. A SKA, como representante Altium no Brasil, abre suas portas para oferecer todo o suporte necessário. 

“Agora não precisamos rodar scripts externos para tratar problemas gerados nas demais ferramentas que usávamos. A facilidade de uso e de ter tudo integrado numa única ferramenta irá nos trazer muito mais segurança nos futuros projetos. A opção de já trabalharmos com os componentes em 3D irá facilitar muito a customização dos espaços dentro da caixa do circuito, conferindo maior confiabilidade e evitando erros. Outro ponto fantástico do Altium Designer é a sincronia entre o esquema elétrico e o PCB, além da capacidade de agora, nossa equipe poder trabalhar em conjunto num mesmo projeto, sem o trabalho e preocupação de ficar sincronizando nossas atualizações manualmente,” cita André Viégas. 

O Altium Designer será essencial para checar as conexões elétricas e simulação 3D, evitando erros desnecessários que podem impactar negativamente no tempo de implementação e custo final. “Para a próxima versão do nosso kit, será preciso uma alteração considerável do circuito implementando melhorias que, sem uma ferramenta como o Altium Designer, seriam necessárias diversas “releases candidates” para correções de falhas que agora, acreditamos não surgir mais,” completa o André. 

 

Para saber mais sobre a solução encontrada pela Pisco de Luz para facilitar seus processos, acesse a página do produto ou preencha o formulário abaixo:

 

 

 

 


Notícias relacionadas

A ANTONIOSI TECNOLOGIA AGROINDUSTRIAL Ltda foi fundada em dezembro de 1997 na cidade de Matão, São Paulo. Sempre atenta às necessidades dos seus...
Com apoio da SKA, universidade adquire 3.500 licenças para os alunos dos cursos de engenharia da instituição. A Dassault Systèmes anuncia o uso...
Fundada em 2002, a Adimax é hoje uma das maiores fabricantes de pet food do país. Com matriz em Salto de Pirapora, região metropolitana de Sorocaba (...