6 passos que tornam a implantação da Indústria 4.0 na sua empresa mais simples do que parece

A indústria 4.0 pode ser muito mais acessível do que você imagina. Em um mercado muito mais exigente, as empresas passaram a buscar maneiras de integrar seus produtos, necessidades e preferências específicas de cada cliente, unidos a uma produção seriada em massa.

Um conceito de customização prévia do produto por parte dos consumidores se tornaria uma variável a mais no processo de manufatura.

As fábricas inteligentes possibilitam a personalização de cada cliente, adaptando o produto conforme as suas preferências. Assim, o processo deixa de ser B2B (Business to Business – sigla utilizada no comércio eletrônico para definir transações comerciais entre empresas) e passa a se tornar C2B (Customer to Business), onde os clientes passam a comandar as “ações” de sua manufatura, determinando exatamente o que deverá ser produzido, de acordo com suas expectativas, experiências e necessidades.

Então, mãos à obra, e confira os passos para tornar tudo isso muito mais simples do que parece:

  1. Não é necessário implantar tudo o que a Manufatura Avançada oferece
     
  2. Mapear o que a sua indústria já possui e como poderá ser aproveitado
     
  3. Seu produto exige flexibilidade de customização em massa?
     
  4. Você pode ganhar muita produtividade implantando algumas das tecnologias da Manufatura Avançada
     
  5. Há investimentos relativamente baixos, que podem dar um rápido retorno.
     
  6. Seguindo alguns passos, você chegará a uma Manufatura Inteligente.

Se sua manufatura possui algumas máquinas de usinagem CNC, é possível adicionar alguns itens básicos, com investimentos relativamente baixos.

Fazer um mapeamento daquilo que a sua empresa já possui e que poderá ser aproveitado, pode ajudar. Como exemplo: Máquinas de usinagem CNC, máquinas e sistemas de medição, softwares, etc. Adicionado a este mapeamento, caso a sua empresa ainda não esteja utilizando um software CAM, vale a pena pensar em abandonar a programação no CNC e adquirir uma licença CAM, onde obterá um estudo do possível ganho com o novo investimento.

O fato de não ter mais máquinas paradas, minimizar erros de programação e planejar melhor os programas, certamente trarão muitos benefícios a sua empresa.

A instalação de um Apalpador é mais um item que poderá ser adicionado na máquina CNC, possibilitando presetar as peças muito mais rápido. Utilizar rotinas de medição, também interligadas ao CNC, minimizam perdas (refugos e retrabalhos) e estima-se que o ROI seja alcançado em poucos meses.

A Indústria 4.0 pode estar muito mais acessível do que você imagina, ou pelo menos alguns de seus conceitos, como os apresentados aqui.

Fonte: Revista Manufatura Inteligente – Indústria 4.0 – Edição 2.