Impressoras 3D F123 - A praticidade ao seu alcance

 

 

    Por Wilson Amaral
    Engenheiro de Aplicações Stratasys

 

 

Embora não seja a minha primeira função, tive o privilégio de participar de várias instalações de impressoras 3D durante minha vida profissional. É claro que muitas coisas não programadas aconteceram durante essas instalações, assim como foram várias as ideias criativas para resolver ou contornar essas situações inesperadas. No fim, tudo isso se converte em experiência e histórias para contar no fim do expediente.

Há 15 dias, recebemos a nova F370, uma impressora 3D da Stratasys, aqui no escritório de São Paulo. Ao nos prepararmos para mais uma instalação, notei a pouca quantidade de ferramentas que o manual dizia ser necessária para a instalação. “Apenas isso?” pensei.

O caminhão chegou por volta das 07:30 da manhã. Descarregamos. Trouxemos a caixa até o escritório com uma simples paleteira. Após cortarmos as fitas que seguravam a tampa e a proteção lateral - primeira ferramenta - desparafusamos a mesma proteção lateral do pallet - segunda ferramenta. A própria embalagem se transformou em rampa e nós descemos a F370 do pallet e a colocamos no local escolhido.

Retiramos o “start-up kit” de dentro do envelope, cortamos as duas cintas plásticas que travavam os eixos - terceira, e última, ferramenta - e “voilà!”, máquina pronta para funcionar. Olhei no relógio, que estava chegando às 10:00 h, e já estávamos pensando qual seria a primeira peça a ser impressa e em qual material.

Admito, fiquei impressionado com a simplicidade para a instalação. Estava esperando mais trabalho. Mas, em menos de 3 horas ela já estava imprimindo. Tendo passado por essa experiência, me lembrei do que havia sido anunciado sobre a série F123 (a F370 é apenas um dos modelos possíveis). Essas máquinas foram projetadas para serem simples, tanto instalação quanto uso, como o mercado demanda. Elas são tão simples que até mesmo pessoas avessas à tecnologia não terão problemas em usá-las.

Até aqui estamos tendo uma experiência muito legal com ela. Pretendo, nos próximos posts, detalhar um pouco mais sobre a F370 e seus recursos.